55 3744 4413
55 3744 2608
entre em contato
Empresa terá que indenizar cliente por falhas na organização de formatura

      Juízes da 1ª Turma Recursal Cível do RS confirmaram sentença que condenou uma empresa de formaturas ao pagamento de indenização por danos materiais e morais à mulher que contratou a prestação de serviços da empresa em questão.

      A aluna, que junto com sua turma havia contratado o serviço da KVA formaturas, ingressou com processo após terem sido muitas as falhas no serviço. A empresa vendeu cobertura fotográfica do evento, entretanto acabou por entregar péssimas fotos. Além disso, a entrega dos convites foi feita apenas na véspera da formatura e os familiares dos alunos não tinham os lugares reservados, como fora prometido.

      O processo tramitou no Juizado Especial Cível da Comarca de Candelária. Conforme a sentença, a relação entre as partes foi devidamente combinada. Ficando assim a fornecedora responsável pelos serviços que vendera. Foi condenada a pagar R$ 6 mil por danos morais. A ré recorreu da condenação.

      Na 1ª Turma Recursal Cível do RS, foi dado parcial provimento ao recurso, com redução do valor indenizatório para R$ 2 mil.

      Em seu voto a magistrada a Marta Borges Ortiz, relatora do recurso, explicou: “Merece reparo a sentença unicamente no que tange ao quantum indenizatório fixado a título de danos morais, o qual tenho por reduzir para a quantia de R$ 2 mil, dadas as circunstâncias do caso concreto, os princípios da razoabilidade e proporcionalidade e do não-enriquecimento indevido”.

 

      Recurso  nº 71003611548

      FONTE: TJRS